segunda-feira, julho 25, 2005

Ver

Penso agora em ti. Penso que a minha vida podia ser quase sempre isto. Tenho um amigo que diz que o amor foi uma invenção das mulheres para atarem os olhos dos homens aos seus próprios olhos. É como se não fosse uma doença do sentir, mas do ver. Se ele tiver razão, eu já estarei na somatização total. É que me parece tão natural e simples resplaldar-te em tudo o que o horizonte me atribui como ângulo de visão.

2 comentários:

sa disse...

sim, uma invenção das mulheres.

Elisa disse...

René Char dizia: «os homens são solitários, as mulheres apaixonadas. Roubam-se mutuamente a solidão e o amor».
Amas muito. E isso é bom. Às vezes tudo.
Parece que eu, afinal, até sou uma tipa romantica. Mas essencialmente acho que não é possível fechar os olhos e o sentir. A isto que tu vês e sentes em e por alguém. É bonito. Não sei se é romântico.