quarta-feira, setembro 21, 2005

O meu amor em segundos

Não sou supersticioso. Não conto os meses de nada. Nem os dias. Faço uma única excepção: 7 862 400 segundos. É assim, ao segundo, que amo.

3 comentários:

Rita disse...

Bela excepção!

Lyra disse...

:)

Carla de Elsinore disse...

ah, fala-me a cantar!