quarta-feira, abril 12, 2006

Interesse Particular versus Interesse Público

O acordão do Supremo Tribunal de Justiça refere-se a um caso de queixa de maus tratos numa instituição de ensino e apoio para deficientes. O segundo ouvinte a abordar o Fórum foi um pai de uma criança deficiente. Falou com a voz embargada e a chorar. Dando para perceber que em muitos lugares deste país há pais que se vão sentir mais fragilizados quando colocarem o seu filho numa instituição deste tipo. O Supremo Tribunal de Justiça optou por proteger a educadora desprotegendo todas as crianças e pais que sofrem situações de maus tratos. Pena é que a Justiça se suspenda aqui, que estes juízes nunca possam vir a ser responsabilizados pelos eventuais crimes que este acordão possa promover.

1 comentário:

candida disse...

e dizem-se juízes! é de bradar aos infernos!!!