quarta-feira, junho 21, 2006

Coisas que ficam

Também uma vez , no debate que se seguiu à apresentação de "O Fio de Lina" pelo Grupo de Teatro da Associação Comunitária de Saúde Mental, ouvi um dos actores dizer algo que nunca mais me saiu da cabeça:
"A sociedade tem medo da sua doença!"

2 comentários:

8 e coisa 9 e tal disse...

talvez por isso feche a loucura em caixas a que chama hospitais psiquiátricos e deite fora a chave. O que vale é que há sempre quem não desista de a tentar encontrar

mouradia disse...

apreciei o vosso blog e não resisti a "meter a penada" (ou será colherada?) ...( isso!) só para dizer que concordo! trata-se de uma sociedade doente, logo, fecha-se ou denega-se ou esquece-se, ou mata-se (simbolicamente E não)o que diverge.
calo-me. Boa continuação!