sábado, julho 01, 2006

Eu nunca seria capaz de chorar aqui, em público.

Sem comentários: