sexta-feira, fevereiro 02, 2007

o sentido

quando chegar ao fim deste cigarro chego ao fim de ti. sorvo-te. até sentir me me dóis. até
chegares aos meus dedos e me queimares como uma chama calada como uma língua de lixa
ardente e eu não aguentar mais
o lamento da dor física.
foi para isso que nasci

2 comentários:

mariamar disse...

Nascido para sofrer?? então, que capacidade é essa de sentir... não sabe que quem dentro de si não sai nunca deixa de sofrer!!!!porquê não amar alguèm ; esse sim , o único sofrimento que valerá a pena.

M em Campanhã disse...

sshhhh!

(belíssimo)