sexta-feira, outubro 23, 2009

Cantam as nossas almas

Ontem foi um dia que começou dificil. Ao entrar no teatro, a notícia que já adivinhávamos: oO Miranda, o João Miranda, o luminotécnico do Trindade tinha apagado as luzes do mundo, do seu mundo. Duas horas depois desta entrada, uma sms, anunciava-me um novo João no mundo. Veio com pressa, num repente, os Joões são uns valentes, não tardam. E foi assim, a cantar, que continuou o meu dia.

1 comentário:

Joana disse...

Tu não sabes, mas eu explico-te, como me ensinou o Bravo: os Joões são uns valentes! :) E é assim mesmo!
E esta calhou-me bem, obrigado.
beijos