sexta-feira, março 12, 2010

Sol na tristeza

A vida é uma coisa muito triste. Não sei mais o que hei-de fazer. Há dias e dias que me andava a preparar para estes dias reiteradamente sem sol, sem alegria, de imensa tristeza. Só vento, chuva, alertas multicolores e catástrofes anunciadas. Pensava eu, ao tentar-me consolar e adaptar, deve ser assim a vida dos povos ricos do norte da Europa. E já quase me sentia escandinavo, nórdico. E hoje, quando saio para a rua, dou de caras com um sol fabuloso, um rio azul prometedor, um dia radiante de luz e bem estar. Não sei o que dizer. A vida é uma coisa triste, muito triste.

2 comentários:

CristinaGS disse...

:-)

jailson f. barreto disse...

Show, estou acompanhado teu Blog. um abraço.