sexta-feira, junho 10, 2005

Lápide

Aqui jaz um amor que eu não vivi. Por mil razões ou desprovido delas, aqui jaz (em) o(os) amor(es) que não vivi. Encontrei a minha frase: o blogue como um túmulo, o post como uma lápide.

1 comentário:

Bruno disse...

Belíssimo