sexta-feira, março 24, 2006

Natércia Oliveira, 1935-2006

A Natércia morreu. Morreu a meio de uma reunião, dizem-me, a meio de uma frase. Também sabendo o poço de energia, de combatividade que ela era, percebe-se que talvez tivesse de ser assim. A Natércia Oliveira seria sempre apanhada a meio de algo. Há dezanove anos que era produtora do Teatro O Bando e está associada a um processo de crescimento do próprio Grupo. Amanhã, entre o meio dia e a meia-noite, o seu corpo estará em Vale dos Barris, a sede do Bando. O funeral realiza-se no dia a seguir, saindo de Palmela para o Cemitério dos Olivais, onde a cerimónia se realizará às 12h.

2 comentários:

rui mota disse...

Rectificação: a cerimónia de cremação será às 12h. e não às 16h!

JPN disse...

obrigado Rui, abraço