sexta-feira, agosto 25, 2006

14.32.25.08.06

Daqui a mil anos, se houver backups do Universo e do que ele agora contém, talvez alguém encontre este post e se pergunte pelo significado deste estranho código. Não é por vós que o deslindo, é por ele, não posso maltratar tão imprevisto visitante: é o minuto em que o meu corpo, onde coabito em regime de arrendamento livre comigo mesmo, e eu, soprámos o mesmo ar esquecendo tudo o resto. Incluindo a puta da realidade.

2 comentários:

pigassola disse...

como é que se pode esquecer o que se acaba de nomear?

pigassola disse...

e já agora, como é que apagam comentários repetidos?..