sexta-feira, dezembro 15, 2006

O primeiro dia de Carolina

Aprendemos a tudo, até a nascer. Ou a renascer. Acompanhamos por isso os teus primeiros momentos com expectativa.

1 comentário:

lg disse...

A Carolina, entre uma soneca e outra, abriu os grandes olhos negros, esboçou um sorriso - sim era um sorriso - e parecia mesmo que agradecia as saudações. Bom, depois também ficou um bocadinho nervosa com tanta expectativa. Vai daí, largou um berreiro afinado e exigiu mais mama, que isto com o estomago vazio não há quem consiga pôr ordem neste tal "mundo desalinhado", como diz o tio Quim.