domingo, dezembro 10, 2006

Ophélia

Fazes-me falta. Quanto mais estás a meu lado, mais falta me fazes. Os nossos mortos deixaram-me sedento de vida. Vou escrever como se estivesse longe, como se nunca mais nos víssemos: amo-te.

1 comentário:

blue disse...

Vou bater-te. Há coisas que não se dizem só como se nunca mais nos víssemos, há coisas que se dizem porque sim, sem momento, sem lembrete na agenda.

E porque me dás a oportunidade (há aqui um contrasenso qualquer, mas não me vou preocupar muito), a mim e a todos nesta blogoesfera, és uma daquelas pessoas que vou amar para toda a vida. Às vezes a amizade não chega para definir :)