segunda-feira, agosto 20, 2007

Os Olivais na Blogosfera

A Olivesaria tem conceito: artes e oficios do rememorejar sobre os Olivais. Como já o era o Rua Cidade de Bafatá. Começo por aqui, por esta imagem. Esta pequena vereda que ligava dois continentes, o café do Tó e a casa onde nós escreviamos nas paredes, salvou-me muitas vezes da tristeza. Era este exacto caminho. Havia neste verde tosco, escasso, quase reles, um acento, um travo do verde da minha infância saloia. E tal como o Popeye com os seus espinafres, era aqui que eu me redobrava quando o chão me faltava debaixo dos pés.

5 comentários:

Anónimo disse...

Também eu vivi a minha infância tendo como cenário da janela rasgada da sala dos meus pais (Rua Cidade de Bolama) este resquício de "campo" na cidade. Percorria os toscos caminhos destes ratalhos de hortas a caminho dos Viveiros (entrando pela porta do antigo Colégio dos Olivais)... saudades desses tempos. E como tudo mudou tão rápidamente... de hortas... nem uma única sombra... agora das "hortas" o betão... :-(
Saudades dos Olivais dos idos 70 e 80...

Hélder disse...

Alguém me pode falar do Colégio dos Olivais? Sou arquitecto e tenho interesse pelo edifício. Pouco sei da sua história, a não ser que integrou a Escola Secundária Eça de Quirós em 1980.

Marília disse...

Enquanto procurava por alguém desse tempo longínquo (anos 80 Viveiros, Olivais) encontrei este Blog a falar dos Olivais... Será que conhece alguém que frequentou os Viveiros nos anos 80?

JPN disse...

Sim, calro, neste blogue muitos dos colaboradores andaram nessa altura, mas mais no principio dos anos 80 (deixei os viveiros no ano de 80/81

Marília disse...

Eu sou do tempo em o prof. Roxo era o Presidente do Executivo!Gostava muito de encontrar dois grandes amigos a que perdi o rasto: o João Paulo e a Maria João, na altura eram namorados...o Paulo Simões...enfim, alguém daqueles tempos fantásticos!!!