segunda-feira, fevereiro 04, 2008

Hippie de smoking

Também me convidaram para uma festa hippie. E eu pensei, complexo soixante-huitard, os anos sessenta no ínicio do ano 2000 dão para tudo, é uma bela altura para usar aquele smoking que nunca usei. Que não, impossível, disseram-me, nunca me deixarão entrar assim. Mas, já no limite da argumentação, defendi, eu juro que vou ser um hippie de smoking.

1 comentário:

Vieira Calado disse...

Vergonha das vergonhas o que querem fazer da aprendizagem da música.
Cumprimentos