segunda-feira, abril 28, 2008

A 27 de Abril

Venho de um 25 de Abril alentejano onde faltou sempre o tempo para a bloga. Leio o texto 1383-85, não gosto do que digo, não gosto do que penso, sinto que o devo dizer, que é necessário dizê-lo, libertar o 25 de Abril de muito do sequestro comemorativo. Eu não disse evocativo. depois procuro outros textos sobre o dia 25. Revejo-me neste do Rui Bebiano e também no do Luís Januário a que RB faz referência.

2 comentários:

Isabela disse...

Olha, pá, vai lá ao MP que deixei-te uma corrente. Desta vez saiu-te.
beijo.

Luis disse...

E um abraço, pá