quinta-feira, abril 24, 2008

A 7 para a Colômbia, já!

É uma história de solidariedades várias entrelaçadas. Parece até um pouco estranha, principalmente pelo paradoxo do enredo burocrático que ela comporta: torna-se possível defender uma tese por vídeo-conferência mas para fazer a matrícula tem de se ter um documento que necessita de nós ao vivo e a cores. A Sete, da Oito e Coisa, necessita de terminar o seu mestrado e para isso tem de ir, de Barcelona onde vive, a Bogotá, para se matricular e não tem recursos para isso. Aqui sabem-se as razões. Ou as histórias que nestes últimos oito anos fomos sabendo do vínculo que a foi ligando à terra colombiana. Onde se casou, onde teve uma filha. E onde se foi especializando e apaixonando nas questões do género. É um prazer estender aqui esta ponte aérea com a Sete. (Leia aqui e deposite aqui NIB 003505570003099100061).

1 comentário:

sete e picos disse...

obrigada quinzolas, é desta que eu vou conseguir terminar este ciclo da minha vida! Um abraço