terça-feira, maio 22, 2007

O bolo dos anos do pai

Anteontem, na já costumeira hora da entrega, sugeriu que a mãe fizesse um bolo de anos para ele poder cantar os parabéns ao pai. Ela anuiu. E ontem lá houve bolo de anos a sério, com parabéns, palmas e abraços. Ele estava ansioso. Na altura de cantar os parabéns aquela máquina de me enternecer gaguejou:
- ...para o meni...rapa...para o rapagão meu pai.

5 comentários:

Jota disse...

"máquina de me enternecer" é muito bonito, pá!

Lyra disse...

parabens rapagão :)

Elisa disse...

ai credo, rapagão... desculpa... parabéns atrasados, mas sentidos. Beijos

princesa das estrelas disse...

Parabéns!!!!

Anónimo disse...

Felicidades!
Sê Feliz! Sempre e muitas vezes em cada dia deste ano
Partilhas