segunda-feira, novembro 05, 2007

1,2,3,4

Dia 4 de Novembro de 2003. Pequeno encontro na Eterno Retorno para preparar a ida ao Salão do Livro de Teatro em Madrid que organizei através da APAD. Na mesa do bar livraria Abel Neves, Armando Nascimento Rosa, António Torrado, Isabel Medina e o Nuno Nabais. Eu em estado de grande privação. No dia anterior tinha atirado o meu pacote de tabaco de enrolar, as mortalhas e os filtros para um caixote do lixo e só fumara dois cigarros entretanto. A Isabel Medina deu-me um cigarro. O último cigarro. Mas foi ele quem me salvou, ajudando-me, apoiando-me, incentivando-me a beber água em cada desejo de desistir. No Circulo de Bellas Artes andei sempre com uma garrafa de litro e meio de água. Dedico-te a ti esta pequena vitória pessoa.

2 comentários:

no baile da d. ester disse...

obrigado :)

(quando me apetece muito muito lembro-me de ti; não é um olhar reprovador nem desiludido, é a certeza de que é possível. é bom)

Anónimo disse...

Adiante, pois, com o truque da água. Ainda bem que respiras melhor com o mesmo ar. Bom abraço. Guardarios.