domingo, março 25, 2007

Cavaco não convida Soares

A propósito de ódio: é claro que Cavaco sabe que quando não convida Soares para o debate sobre o Tratado de Roma está a expôr-se a si mesmo na sua gangrena de político. De politico profissional, como bem aqui se lembra. E que a ausência de Soares fará com que ele esteja muito mais presente no debate. Porque por muito que custe, é impossível falar de Portugal na CEE sem recorrer à evocação do papel fundamental de Mário Soares. Mas é claro também que para Cavaco - cujo Partido, se não me falha a memória, se absteve na votação da adesão à CEE na AR- a Europa só começou verdadeiramente quando começaram a vir os milhões dos apoios que caracterizaram os seus anos dourados de poder.
Foto linkada de Ilustração do Vazio

2 comentários:

Sofia Loureiro dos Santos disse...

Exactamente!

Philomela disse...

Oh yeah! Assim se estala o verniz!