terça-feira, agosto 05, 2008

Povo Baha

Não acredito em deus, já o escrevi algumas vezes. Não que Deus não exista. Existe, claro que existe. Só que o deus que eu consigo recriar é tão frágil que por mais que tente não consigo acreditar nele. Fico muito feliz por o Deus que existe para alguns de nós ser um Deus digno, que dignifica. Encerro aí a minha possível entrada na dimensão religiosa da vida, pelo menos naquela que quero partilhar com os demais. Tudo isto para dizer que a dor com que tenho lido este blogue é politica. A Comunidade Baha'í não se envolve em política, mas a minha dor pelo sofrimento e perseguição religiosa de que ela é alvo é sobretudo um gesto político.

2 comentários:

Marco disse...

A tua dor é um gesto político, dizes tu.
Outros dirão que é um gesto religioso.
Eu penso que é um gesto humano.

JPN disse...

o humano assim tão perto do político, o politico assim à beira do humano.
:)