quarta-feira, novembro 26, 2008

Amabilidade

Acordar de manhã.
A nova linha da Ritual de gel e esfoliante de ginseng e eucalipto faz muito pela felicidade moderna.
O corpo exulta devagarinho,
como o compasso de uma melodia
entretanto esquecida.
Há também alguns complementos da body shop. O gel refrescante de menta para as pernas, a
loção de corpo de alfazema que ainda resiste. Não os
devia enunciar já que estou furioso por terem
descontinuado
a minha linha preferida, gel e loção de corpo,
com essências de lavanda,
sou louco por lavanda,
era uma das partes melhores do ficar doente na infância,
aquele cheiro a alfazema queimada a respirar o mesmo ar,
no outro dia,
naquela drogaria da praça das flores,
encontrei um daqueles frasquinhos verdes
que se usavam antigamente,
assim me disse no outro dia o vendedor,
ele e a mulher,
contentes por aquele cheiro a velho e a humidade da pequena drogaria,
mais trinta anos do que eu,
é o que usavam os nossos avós,
disseram,
incluindo-me naquele nós,
só por eu procurar um 4.4.4. loção para a barba e pedra branca,
sou louco por lavanda,
comprei um frasco,
besuntei-me pelo caminho,
tapando o meu estimável l' eau d'issay miake,
quando cheguei ao teatro fedorava de ach. brito,
parecia uma sopeira,
do antigamente,
nunca mais o usei assim,
indiscriminadamente,
teve um triste fim,
partiu-se,
vazou-se sobre um caderno de apontamentos moleskine,
engraçado,
agora que falo disso,
o caderno ficou com um cheiro muito agradável,
lembram-se daquelas borrachas de antigamente,
perfumadas?
assim também os meus cadernos,
vou propôr isso à moleskine,
uma nova linha de cadernos,
perfumados com lavanda.
Acordar de manhã assim,
com a pele da tua marca na minha pele de marca, nunca descontinues
a tua pele,
a linha da tua pele,
o seu cheiro, suavidade, espessura, densidade,
esse olhar macio e terno com que
expressas a nossa fome,
essa tesão brutal que já vem
do antigamente.

5 comentários:

disse...

agora deste em promotor de produtos de higiene íntima?

lavanda? e porque não bien-être? tb se vendia no 'ferrador' :)

(lembro-me bem das borrachas que falas; competiam com as pastilhas elásticas, mordê-las tornava-se irresistíovel)

CCF disse...

Cheiro não há como o de uma pele depois de um banho, seja de água doce ou slagada, mesmo sem produto nenhum. Mas eu sou esquisita, só gosto do cheiro das coisas nas próprias coisas. Mas gostei de te ler, assim a mostrares os teus cheiros e desejos.
~CC~

JPN disse...

a mostrar ou a esconder, vá-se lá saber...
:)

a rapariga que vinha da província disse...

os frasquinhos verdes, o sabonete e a espuma para a barba encontram-se nos hipermercados.
eu sou fã do frasco verde, mas não sei porquê, não recordo quem seria quem eu gostaria que cheirasse assim.

foi dançar a bossa nova disse...

eu adoro ach brito! o problema é que já não encontro em supercados, muito menos naqueles on line...